terça-feira, 14 de junho de 2011

DESAFIO DO PARQUE - 23/06/11 - RELATO

Tá aí o nosso desafio para o Feriado

Trajeto: Céu Azul, Serranópolis, Medianeira, Céu Azul, 120 km, se os cálculos do google estiverem certos

Trecho: 50% Terra, 50% Asfalto

Horário: 8:30h em Céu Azul

Como ir?? Cada um por si

Comida?? Se vira com o que achar, tem bastante pombinha na área, ah, não esqueca que é feriado e vai estar tudo fechado

O que levar?? Uma bike, ferramentas, água, alimento, e um ciclista louco afim de ver se consegue acompanhar a galera.

Carro de Apoio?? o que é isso??

Tempo?? tá previsto frio e neve para a data

E se você ficar pra trás?? se ferrou, não tem nem muitos veículos circulando por lá

Quem fez o trecho?? ninguém, só os loucos vão descobrir se tem saída

Tem animais silvestres na região?? na data terão veadinhos, bois, touros, pincher e outras formas estranhas ainda não descobertas pela natureza, mas estão entre nós.

Quem pode ir?? todos que querem ir pra lá, a aguentarem o trecho

Dúvidas?? mande um email pra mim... giovanetreter@gmail.com

Um abraço a todos e vamos girar.....

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

Galerinha.... Só os fortes foram hein... e eu estava nessa tb, de moto, mas estava, hehehe. Devido a semana passada, com os ralados, fui acompanhar a galera de moto, e fui o camera man, o guia (muito bem localizado como sempre), e o cara da carona....
Saimos em 7. Eu, Dago, Gustavo, LF, Felipe, Zé, Didio. Eram 8:05 qdo encontrei a pick-up do Felipe no posto, um pouco antes, antes de chegar na 277, vi o vectra branco do Gustavo passar a toda por mim, e logo nos encontramos. Saímos de Céu Azul mais ou menos as 8:30h, pegamos a 277 via foz, e um pouco antes da policia entramos a esquerda. Só costeando o parque do Iguacu, muito bom mesmo. O clima esta ótimo, pouco sol, e bem fresco. Logo no início, já tiveram que baixar a pressão dos pneus, pq tinha muita pedreira no trecho. Passamos pela gruta e seguimos no trecho, em toda a estrada que pegamos, apenas 3 veiculos cruzaram por nós, 2 logo no inicio, e outro no final. Passamos por algumas pontes, área verde dos dois lados, muitas folhas na pista, e não é que tinha animais silvestres mesmo na pista?? o Felipe passou por um preá, ou algo assim, e o bicho ficou de pernas pro ar, qdo cheguei pra tirar a foto, o bicho virou e se mandou. Em outro ponto, passei na frente, e o Dago falou: "olha, uma cobra, o giovane passo em cima e nem viu, cuidado que ela tá com a cabeca levantada, pronta pro bote", depois disso né, tive que ver a cena, desci da moto e fui ver, e vejam nas fotos o que era na verdade... hehehe. Logo no início surgio uma dúvida, eu falei que era para a esquerda, e a galera, confiante em mim, não acreditou, fui até uma casa na frente, e confirmou que o meu trecho estava certo... parece q só levo a galera pra roubada, hehehe. Chegamos em uma porteira, que estava aberta, e ali surgiu a dúvida se o trecho era aquele mesmo ou não, cheio de pedras e uma pirambeira. Salve a moto, enquanto o pessoal ficou esperando lá em cima, desci pra ver se era por ali mesmo o trecho. Muitas pedras, bosta de gado, e um rebanho no meio da pista.... atravessei tudo e parei numa casa lá em baixo, me confirmou o trecho, e falou que um pouco antes haviam passado uns 7 ciclistas.
Voltei quase no topo pra falar q o caminho era aquele, todos desceram, e eu mais uma vez com a moto, me cuidando pra não cair naquele monte de pedras.
Mais na frente, encontramos 2 daqueles ciclistas, eles eram de Medianeira, mas não estavam tão bem no pedal. Pedalamos, conversamos, e nos guiaram no trecho, até q qdo fui atras da galera, que estava bem na frente, já haviam pego o caminho errado, pela estrada irregular, dai voltaram, porém, e dago e o gustavo ninguem sabia pra onde eles tinham ido. Procurei naquela estrada, em outra, e nada deles aparecerem, mas como ali era perto do asfalto, resolvemos continuar o trecho. Quando desisti de procurar os dois, fui atras do outro grupo q estava no caminho certo, qdo eu os encontrei, estavam se deliciando com algumas mexiricas. Seguimos juntos até o final da estrada, quase na porteira da antiga "estrada do colono". No asfalto, decidi entrar a esquerda e ver como está a entrada da antiga estrada. Cheio de mato, fotografei, e voltei pra ver a galera.
Segui com o grupo até a primeira vila, e lá, encontramos os dois fujões, e descobrimos que eles estavam alucinados pra pegar a galera de medianeira, quase no final do trecho, eles pegaram a pedra irregular, e giraram um pouco mais.... Nesta vila, encontramos um Jerico, e olha que coisa bonita
De lá, seguimos pra serranópolis, onde tivemos um almoço e tanto. Por R$14,00, comemos pra caramba, arroz, feijão, macarrão, lazanha, mandioca, carne (boi, porco, galinha), saladas em geral, e sobremesa.... regada a coca e cerveja.... huummmm q delícia.
Depois de um belo descanso, seguimos pra medianeira, e lá, o serviço carona comecou a funcionar, com o didio e o LF solicitaram, e foi de grande ajuda isso..... em outros trechos, servi de batedor, dando vácuo pra galera atras...
Em medianeira, só paramos pra pegar água e encher o tanque, alguns passaram reto pelo posto e seguiram. Dali, a outra parada foi no castelinho, onde cada um pegou uma salada de fruta, boa, mas cara e pequena, hehehe.
Voltamos pro pedal, e o movimento da 277 sentido Foz era imenso. E com mais uns vácuos, caronas e muitos carros, chegamos em Céu Azul novamente. E o pedal foi assim....

Foram 115km, média de 22km/h e 5:15h de pedal.....

Um abraço a todos,

4 comentários:

Anônimo disse...

vai ter maquina d foto e filmadora?

Cascavel Bikers disse...

Se vc levar vai ter sr. Anonimo.. heheh
mas o interessante é levar boas pernas tb...

Valeu....

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKK

TA FALTANDO MADEIRA PRA CONSTRUÇÃO DO DAGO KKKK


HORLADESS

jean mores alpine bike disse...

parabéns pela materia mais uma vez, só sinto não ter ido junto, mas na proxima quem sabe valeu.........