domingo, 3 de abril de 2011

02/04/11 - Reassentamento São Francisco

Saimos pra mais um pedal já atrasado (esperando o Dias)e partimos pela brasil.... a galera esta com uma boa preguina no inicio, e eu e o marlos apontando na frente.... pegamos a 277, e vi uma galera de bike na frente, apressei o passo e qdo vi, estavam o zé e o felipe com uma galera.... um pouco mais adiante, outro grupo, com o gustavo e mais uns... paramos todos na policia, de deviam ter mais de 25 ali. A maioria do pessoal iria seguir pela ferroeste, outros só no asfalto por causa do corrida amanha, e nós pro lago. O dias foi com a galera, e dai partimos eu, marllos, washington, jair, didio e zardo. Dobramos a esquerda na coopavel e seguimos pela terra. Eu e o Marllos na frente novamente, e muito bem, com o vento nas costas, até que surgiu a frase: "estou me sentindo Neil Armstrong" qdo o marllos falou isso, fiquei pensando se ele estava se sentindo no ceu, na lua, mas dai perguntei se era ele mesmo.... acho q queria falar lance armstrong... hehehe. Esperamos a galera e seguimos meio juntos até o lago.... pedal bem tranquilo até lá. Lá foi uma kuat de 3 litros... e tomamos tudo.... decidimos girar naquela trilha, e lá fomos nós... eu estava com quarenta e poucas libras, eram poucas as curvas em que a bike não saia pra algum lugar, mas estava indo bem... na primeira ponte, o jair parou e perguntou se conseguiria ir, eu falei e dava e fui.... o cabeção veio na cola e no embalo. O jair decidiu ir, e no meio da ponte foi pedalar... e nisso, o pneu traseiro deslizou pro lado e o jair pro outro se segurou no cabo de aco. a galera atras veio pedalando, mas o Marlos com sua specialized passou empurrando... Atenção, precisamos de um ciclista para andar na bike dele, pq ainda não esta honrando sua bike. qdo pensamos em seguir, o jair ja parou tudo... ele conseguiu naquele deslize, dar um nó na corrente.. ficamos ali uns 15 minutos pra ajeitar ela. Seguimos.... e em uma das curvas, fui pro chão... o pneu dianteiro perdeu a aderencia, e bati em alguma coisa, e fui pro chão... o zado logo atras, não teve como nao me fotografar no chão. Continuamos e na outra ponte, a galera da frente já falou pra empurrar a bike, pq a ponte estava verde. Acabou a trilha, partimos embora por aquela trilha dentro da vila, estrada irregular e 277. Na rodovia, paramos pra ajeitar novamente a corrente do jair, e seguimos em seguida bem tranquilo pela rodovia até em casa. lembro ainda que o jair teve que ser empurrado pelo zardo e pelo marlos.... não sabemos ainda se era problema da bike, ou se estava fraco mesmo... eis a incognita... O pedal de volta foi assim, tranquilo, numa boa e na cidade a galera comecou a ser distribuida, cada um pra um lado... eis de de repente, no calcadão encontramos o zé e um amigo dele, que voltaram da ferroeste, tomando um milk-shake.... e um falou: "e zé... recupenrando as gordurinhas do pedal hein??" e foi assim.... Ah, esqueci de falar dos macaquinhos companheiros do pedal no meio da trilha no lago..... Foram 66 km, 3:30h, média de 19km/h e max. 59km/h Um abraço a todos, e até a proxima....

2 comentários:

Paulinha disse...

ah... que legal hehehe
Gostei mto desse pedal qndo fizemos :)
Mas vcs tiveram o privilégio de ver os "macaquinhos" haaha :)
Tá de parabéns Giovane.. o blog de vcs é mto bacana.. e obrigada pelas ajudas no meu! :D

José Emilio de A. disse...

Neil Armstrong foi boa...hahaha...no mundo da lua!!!