quarta-feira, 20 de maio de 2009

Pedal na Terra das Cachoeiras Gigantes 15-16/11/08





Logo no inicio, comecamos a descer a serra... e que serra essa da "esperança", muita descida, pedras, e um super visual... seguimos até chegar num vilarejo, e ao chegar lá, procuramos algum lugar pra comer algo mais... comemos waffer e tomamos fanta uva.... só tinha ela gelada... depois, seguimos pedalando, tomamos banho em outro rio, trocamos a camara do Jefferson pela quarta vez, mais ou menos, até que tivemos duas baixas quando estavamos com 70 km de pedal...

video


Jefferson e Giovani pegaram carona e foram embora.... e nos seguimos adiante, ate que numa parada, um cara chegou de carro, parou atras de nos, e nos ofereceu picole... "foi deus que te mandou pra cá", disse Waschington.... e seguimos após... acabou o asfalto, e acabaram as pernas de alguns, entre eles eu... chegamos em Prudentopolis quase mortos.... só a poeira... o desgaste era imenso... foram 103 km, 6h de pedal, e uma média de 16km/h...
No hotel, foi dificil levantar da cama... a noite ainda saimos numa pizzaria, comemos pra caramba, e voltamos pro hotel... tudo isso de onibus, pois as pernas nao respondiam nossos comandos.. Chegamos no hotel, e apagamos....No outro dia, levantamos, tomamos um otimo café novamente, ajeitamos a bike do Jefferson (que comprou outrou pneu), e saimos era quase 10h da manha... voltamos pra pedalar rumo as cachoeiras de Mlot e São sebastiao... voltamos naquele mesmo asfalto que tinhamos pego no dia anterior, e dobramos a direita num trevo a frente... entao, foi só pedalar... neste trecho inicial, fizemos 13km em 30m.... fomos muito bem... no inicio da terra, o onibus chegou em nós... e nos seguiu por um bom tempo...
Chegamos nas duas cachoeiras... fizemos 30km, média de 19km/h e 1:30h de pedal... aproveitamos o onibus e guardamos as bikes... dai, seguimos para as cachoeiras... se a maior tinha 130m, descemos 130m pela trilha no meio do mato.. descemos por paredoes de pedra de uns 8m, com ajuda de cordas, agua na trilha e muita emoçao... chegamoslá em baixo.. um visual fantastico.. tomamos banho por lá novamente, aproveitamos o visual e tiramos muitas fotos... depois, a subida nos esperava, e que subida.... chegamos lá em cima transpirando aos montes.... a cara de cada um era incrivel... minhas pernas nem respondiam mais direito novamente, o Luis fernando e o Gigante estavam rindo de mim qdo cheguei lá em cima... aí fói esperar toda a galera, pegar o onibus, e seguir pro recando Perehouski... almocamos pra caramba lá... depois, andamos pelo recanto, tomamos banho novamente no rio, e quando eram quase 4h da tarde, pegamos o onibus, e seguimos pra cascavel... chegamos na cidade eram umas 20:30 da noite....O pedal foi fascinante..... muita bike, força nas pernas, nos braços, e natureza aos montes.... quem nao foi perdeu, agora vamos em busca de um nova desafio...Um abraço a todos...


http://picasaweb.google.com/giovanetreter/PrudentopolisBike14151108#

Um comentário:

Rodrigo disse...

Olá, como vai?

Estou planejando uma viagem para a mesma região que vocês foram pedalar. Meu foco é fotografar cachoeiras e também a cultura ucraniana nas várias capelas que me contaram que existem pelo caminho e em Prudentópolis. Gostaria de fazer umas perguntas:

1) vcs realmente viram várias capelas no meio do caminho? Foi mais entre Guarapuava e o Salto São Francisco ou mais entre o Salto São Francisco e Prudentópolis?
2) eu pretendo ir de carro. Você acha que o caminho que separaram o Salto São Francisco de Prudentópolis é mto ruim para um carro pequeno, tipo Gol? Tem a opção de ir por Guarapuava tb, que me falaram que é mais sossegado, mas menos interessante.

Pode me dar essas dicas?

Muito obrigado, fotos e relato muito legais!

[]s